Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

CPFL – como pedir indenização por danos elétricos

O consumidor pode ser ressarcido caso tenha algum aparelho danificado por queda de energia, explosão de transformador na rua, oscilação de voltagem ou queda de raios.

Caso tenha sofrido algum dano elétrico depois de uma queda de energia, explosão de transformador na rua ou, simplesmente, depois de uma queda de raio durante a chuva, saiba que você pode, e deve, pedir indenização por danos elétricos a concessionária responsável pela sua região. Neste artigo ensinaremos o passo a passo para abrir o pedido de indenização na CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz), empresa responsável pela energia elétrica na maioria dos municípios do Estado de São Paulo.

O pedido de indenização por danos elétricos pode ser feito por telefone ou através do site. É necessário que o titular da conta de energia elétrica entre em contato munido da seguinte documentação:
  • Horário estimado da queima de energia
  • Detalhes de como o equipamento possivelmente foi queimado (exemplo: após queda de energia, luz ficou meia fase, transformador da rua explodiu e/ou pegou fogo, queda de raio, etc).
  • Marca e modelo de todos os equipamentos que foram danificados;
Para pedir a indenização por danos elétricos o titular da conta de energia elétrica deverá entrar em contato com o telefone 0800-010-2570 ou então acessar o site www.cpfl.com.br, lá será possível preencher a solicitação de indenização por danos elétricos.

É importante que o consumidor NÃO providencie o conserto antes de ser autorizado. Em alguns casos a Companhia Paulista de Força e Luz pode optar por fazer uma vistoria no local, sendo necessário que o técnico verifique que o aparelho (s) não está funcionando.

Após a abertura do chamado a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) fará uma análise interna, a empresa tem tecnologia para medir a força da voltagem no período informado. Dentro de 10 dias úteis você receberá uma resposta da CPFL em relação a visita técnica.

Caso a visita técnica seja agendada um técnico irá até a sua residência para conferir o estado do equipamento que foi queimado e também se a sua energia elétrica está regular. 

Após a visita do técnicaa CPFL tem 15 dias para dar uma resposta. Caso o seu pedido de indenização seja julgado PROCEDENTE, o consumidor receberá um formulário para informar os dados bancários para reembolso para o conserto, documento este que deverá ser enviado à CPFL em até 90 dias. É necessário também anexar 2 (dois) laudos com o valor estimado para o conserto/orçamento.