Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Como pedir indenização por danos elétricos à CPFL

Caso o consumidor tenha algum equipamento danificado por queda de energia tem direito a indenização junto à CPFL, veja como requerer.

O consumidor que teve algum equipamento danificado em virtude da queda de energia ou raio pode pedir à CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz) indenização para o conserto do aparelho. Neste artigo explicaremos sucintamente como esse procedimento funciona, a CPFL é a empresa responsável pelo fornecimento de energia elétrica na maioria dos municípios do Estado de São Paulo.


Situações em que o consumidor pode ter direito a indenização:
  • Queda de energia
  • Meia fase (luz fica fraca ou então a energia cai e volta)
  • Queda de raio (uma lei obriga as concessionárias a indenizar o consumidor)


Para que o consumidor tenha direito ao reembolso é importante que ele anote a data e o horário em que a situação ocorreu. A CPFL possui recursos tecnológicos que são capazes de analisar se houve ou não alguma anomalia na rede na sua rua na data e horário informado. 

O pedido de indenização deve ser feito pelo telefone 0800-010-2570 ou então acessar o site www.cpfl.com.br. Sendo necessário ter a marca e o modelo de todos os equipamentos, se possível tenha em mãos o número de série de cada um.

Caso a sua geladeira/refrigerador tenha sido danificado é provável que você receberá um retorno em poucas horas, pois é um bem considerado essencial. A concessionária poderá optar por fazer ou não a visita técnica no endereço, até lá o consumidor NÃO deverá providenciar o conserto, pois todos os equipamentos precisam estar no local no momento da vistoria técnica da CPFL.

Caso a CPFL julgue a sua solicitação PROCEDENTE, você receberá um formulário onde terá que enviar 2 (dois) laudos para conserto de empresas diferentes, bem como os dados bancários para que o valor seja pago pela concessionária. O conserto do equipamento será realizado sempre pelo orçamento de menor valor.

Para agilizar a solicitação de indenização é importante que o laudo esteja no CPF/CNPJ do titular da conta de energia elétrica. Do contrário será necessário enviar vários documentos para comprovar o grau de parentesco e/ou aluguel do imóvel em que o problema aconteceu.