Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Residencial Jardim Carandá deve ser entregue em Julho de 2015

Nesta terça-feira (18) o Secretário de Habitação e Regularização Fundiária de Sorocaba, Flaviano Agostinho de Lima, comandou uma visita técnica para acompanhamento das obras do Residencial Jardim Carandá, localizado no Bairro Caguaçu na Zona Norte. O objetivo foi avaliar a necessidade de implantação de equipamentos públicos, tais como, escolas, unidades de saúde, transporte e áreas de lazer. A visita contou com a presença de representantes do Saae, Guarda Civil Municipal, CPFL, além da Associação de Engenheiros e Arquitetos de Sorocaba (AEAS).
Imagem: Alexandre Lombardi / Divulgação Secom

O empreendimento faz parte do programa Nossa Casa da prefeitura de Sorocaba que juntamente com o Minha Casa, Minha Vida do Governo Federal e o programa Casa Paulista do Governo do Estado de São Paulo está viabilizando a construção de moradias para famílias de baixa renda. O Residencial Carandá contará com 2.560 apartamentos, divididos em dezesseis condomínios, cada prédio com quatro andares e dezesseis moradias.

As obras estão sendo executadas pela empresa Construtora Direcional Engenharia e a previsão é de que os imóveis sejam entregues em Julho de 2015, se for mantido o cronograma das obras, que já se encontram bastante avançadas. 

O investimento nos 2.560 apartamentos é de R$ 226 milhões, contando com recursos do Nossa Casa (municipal), “Minha Casa, Minha Vida” (Governo Federal) e Casa Paulista (Governo Estadual). O empreendimento está localizado no Km 3,5 da Rodovia Emerenciano Prestes de Barros e será destinado exclusivamente para famílias cuja renda seja de zero a até R$1.600,00 e que atendam aos requisitos estabelecidos no PMCMV.

O financiamento dos imóveis será pelo Banco do Brasil dentro da Faixa I (um) do Programa Minha Casa, Minha Vida, que prevê que cada família beneficiada pague por mês uma prestação equivalente a cinco por cento de sua renda familiar bruta durante dez anos. O valor restante será subsidiado pelo governo através dos recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR). Para se ter uma ideia, uma família com renda de R$ 1 mil (renda familiar bruta), pagará uma prestação de aproximadamente R$50,00 (pois equivale a 5% da renda) durante 120 meses (dez anos), todo o restante será subsidiado pelo Minha Casa, Minha Vida através do Banco do Brasil.

As famílias que foram sorteadas em 15 de Agosto, já apresentaram suas respectivas documentações. O Banco do Brasil (BB) está analisando a documentação que elas apresentaram, para verificar se atendem aos critérios estabelecimentos pelo programa habitacional para está faixa de renda.

Além do Carandá o “Nossa Casa” também está construído moradias populares em diversos bairros de Sorocaba: Cajuru, Jardim Betânia, Parque São Bento e Jardim Maria Eugênia, esses empreendimentos totalizam 5.600 moradias.

O Secretário de Habitação de Sorocaba lembrou que o prefeito Antonio Carlos Pannunzio estabeleceu em seu plano de governo construir cinco mil moradias em quatro anos. No entanto, com as obras já iniciadas a prefeitura poderá atender 5.600 famílias, mas poderá chegar a 7 mil unidades até 2016.